14 dezembro 2010


Nos países da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), 46% dos estudantes afirmam que leem apenas para obter as informações que precisam; 41% só leem se forem obrigados; e 24% acham que ler é um desperdício de tempo. Apenas um terço disse que a leitura é um dos hobbies favoritos.
 Apesar dos dados do Pisa, especialistas em educação e tecnologia discordam da ideia de que o jovem de hoje lê menos. Muito pelo contrário: afirmam que os adolescentes nunca leram tanto. A diferença é que, agora, não são só os livros que são "lidos", mas vídeos, sites, SMS, e-mails e uma gama imensa de informações.
 "O texto existe, só que de outras formas, e agora oferece acesso amplo e irrestrito. A leitura digital é mais lúdica e interessante porque não é linear e permite uma liberdade multimidiática", explica Claudemir Viana, pesquisador do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).
"O jovem sabe de tudo o que acontece, mas não aprofunda o conhecimento dos fatos", destaca a psicóloga Dora Sampaio Góes, do Programa de Dependência da Internet do Ambulatório Integrado dos Transtornos do Impulso (Amiti), da USP. "A dúvida é: até que ponto essa abordagem generalista é benéfica?" 
Escrito por O Estado de São Paulo - Mariana Mandelli   
Ter, 14 de Dezembro de 2010 10:21

Matéria Completa:

http://www.abrelivros.org.br/abrelivros/01/index.php?option=com_content&view=article&id=4149:jovens-trocam-livros-por-leitura-digital&catid=1:n

0 comentários:

Postar um comentário

Sejam Bem-Vindos!!!

Comentem a vontade, podem deixar sugestões.

Copyright © 2015 INFORBIBLIO
| Distributed By Gooyaabi Templates