Menu

Pesquisas

FEBAB

Arquivo do blog

Inforbiblio Copyright © 2009 - Toos os Direitos Reservados. Imagens de tema por MichaelJay. Tecnologia do Blogger.

Home Ads

Tags

Advertisement

Popular Posts

Instagram

19 janeiro 2020

Calendário Biblioteconômico - Junho 2020

Junho está revestido de vermelho que representa nosso sangue e nos conscientiza a praticar a boa ação voluntária de doação de sangue. Nosso homenageado do mês é o escritor Machado de Assis. Nesse mês comemoramos o "Dia Internacional dos Arquivos e também o "Dia dos Namorados".Terá ainda o Feriado de Corpus Christi. O eventos da área é o 5º Colóquio Mussi 2020 Se por acaso você ainda não baixou os meses do 1º semestre, já atualizamos hoje, 21//01/2020, acesse o link da pasta com os downloads de janeiro a junho.

Machado de Assis:

Joaquim Maria Machado de Assis, jornalista, contista, cronista, romancista, poeta e teatrólogo, nasceu no Rio de Janeiro, em 21 de junho de 1839. Foi o fundador da cadeira nº. 23 da Academia Brasileira de Letras. Ocupou por mais de dez anos a presidência da Academia, que passou a ser chamada também de Casa de Machado de Assis. Foi o responsável por inaugurar o Realismo, que teve como marco inicial a obra "Memórias Póstumas de Brás Cubas", publicada em 1881. Machado de Assis teve uma carreira literária ininterrupta, produziu de 1855 a 1908. Escreveu poesias, romances, contos, crônicas, críticas e peças de teatro. O Romance Dom Casmurro publicado em 1899, é considerado sua obra prima.

 5º Colóquio Mussi 2020


O 5º Colóquio Internacional da Rede Mussi, organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação do convênio entre o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), ocorrerá na cidade do Rio de Janeiro, nos dias 25 e 26 de junho de 2020. Terá como temática “A mediação dos saberes em perspectiva: memória e construção social das práticas e dos dispositivos info-comunicacionais.”

A temática justifica-se em função do papel político, social e crítico das relações entre mediação e saberes e seus potenciais de transformação social. Procura-se, através de uma noção plural de conhecimento, a discussão sobre o papel da memória e da construção social das práticas e dos dispositivos na arena informacional histórica e contemporânea.




Nenhum comentário:
Write comentários

Sejam Bem-Vindos!!!

Comentem a vontade, podem deixar sugestões.

Receba Conteúdo Atualizado