24 maio 2017

Bibliodicas




Uma forma muito interessante de incentivo à leitura é promovendo uma feira de troca de livros. Seja partindo de uma instituição ou por parte de pessoas físicas. Se você já conta com um acervo, muito bem! Se não, não é obrigatório que se tenha um acervo para iniciar o projeto. Considerando a hipótese da não existência de um acervo, mesmo que seja pequeno, a solução é pedir doações.
  • Primeiro Passo: Sua feira precisa de um nome criativo e que esteja de acordo com a sua proposta. Por exemplo: A Cooperativa de Trabalho Nacional dos Bibliotecários e Profissionais da Informação (BIBLIOCOOP), está organizando sua primeira feira de troca de livros e a denominou de COOPERA & TROCA - bem sugestivo, não é? Então, se sua feira é de troca de livros infantis, o nome tem que ter a ver com o universo das crianças e assim por diante.
  • Segundo Passo: Veja em quais possíveis locais seria viável pedir doações. De preferência áreas onde o poder aquisitivo das pessoas seja de médio a grande. 
  • Terceiro Passo: Fazer um ponto de coleta de livros. 1- Você precisará pedir autorização aos responsáveis pelo local (se não for ao ar livre) para realizar a coleta. 2- Você vai precisar de uma caixa média ou grande para acomodar os livros coletados (de preferência personalizada, assim você já chama a atenção pela curiosidade das pessoas). 3- Vai precisar também de uma placa criativa com o nome da feira, fazendo um chamamento para as doações. 
  • Quarto Passo: Escolha o local para realizar a feira onde o poder aquisitivo das pessoas seja menor. Assim você dará chance as pessoas que não pode comprar livros com frequência. Faça em local aberto só quando não estiver em período de chuvas.
  • Quinto Passo: Material necessário para a feira - Uma mesa grande ou duas pequenas, bancadas, balcões ou algo que seja possível apoiar os livros; duas cadeiras e no mínimo duas pessoas, uma para receber os títulos e outra para entregar os livros. Confeccionar vale-livros com espaço para colocar a quantidade de títulos que a pessoa está trocando, para organizar melhor e para que não haja tumulto.  
  • Sexto e último passo: Publique nas redes sociais sobre a realização da feira de troca de livros. Garanto que não vai faltar público.
Partindo do pressuposto que você já tem um acervo ou não queira realizar os passos acima, você pode criar um evento direto nas redes sociais, avisando da feira. Você pode, por exemplo, usar o evento do Facebook. O evento precisa ter um local com endereço completo para o recebimento das doações; data e hora da realização do mesmo; não esqueça de marca que o evento é gratuito. Depois espalhe em todos os canais que desejar: blog, twitter, instagram, G+ e outros onde você possua uma conta. 

Você já realizou uma feira de troca de livros e tem dicas preciosas para dar? Por favor, deixe seu comentário para a troca de experiência. Desde já agradeço a participação de todos.

Copyright © 2015 INFORBIBLIO
| Distributed By Gooyaabi Templates